Redução do estômago sem cirurgia; Conheça a Gastroplastia Endoscópica.

É preferido por alguns pacientes que são contraindicados para a Cirurgia Bariátrica

O procedimento é feito por via totalmente endoscópica, ou seja, não há cortes ou incisões no abdômen e o paciente é liberado no mesmo dia.




Um grupo de estudiosos iniciou no Brasil uma alternativa à cirurgia bariátrica, a gastroplastia endoscópica , procedimento minimamente invasivo.

Enquanto em uma cirurgia bariátrica convencional, o paciente permanece por cerca de 1 a 3 horas na mesa de cirurgia e de 2 a 4 dias na internação, na endoscópica o procedimento leva menos de uma hora e o paciente sai no mesmo dia. Assim, uma técnica mais segura e com um risco de complicação potencialmente menor que a cirurgia bariátrica.

O Sistema Apollo OverStitc realiza suturas que atravessam toda a parede do estômago (serosa-serosa) através do aparelho de endoscopia digestiva. Com essa nova tecnologia, ela permite uma aproximação estável e segura dos tecidos endoscopicamente, permitindo assim uma série de procedimentos menos invasivos em todo o tubo digestivo para o paciente, dentre eles a redução de estômago.






Apesar do impacto positivo da cirurgia bariátrica, apenas 1% dos possíveis candidatos são realmente operados, devido ao alto custo, acesso limitado, preferência do paciente e riscos associados ao procedimento. Devido a esta baixa taxa de cirurgias realizadas e à eficácia reduzida das medidas comportamentais e tratamento clínico, procedimentos menos invasivos e complexos de menor custo têm sido desenvolvidos com o objetivo de beneficiar maior número de pacientes.

O procedimento é feito por via totalmente endoscópica, ou seja, não há cortes ou incisões no abdômen, em que o paciente é liberado no mesmo dia e com resultados promissores.

O procedimento geralmente tem durabilidade média de 45 a 90 minutos. É realizada em ambiente hospitalar sob anestesia geral administrada por um anestesiologista. O controle pós procedimento do paciente é mantido em regime hospitalar por 12 a 24 horas, com início à dieta líquida progressiva. O tratamento é mantido inicialmente com anti-ácidos, analgésicos e anti-eméticos na demanda necessária durante a primeira semana.




Todo o procedimento é feito através da boca para que não haja incisões necessárias. O procedimento reduz o tamanho do estômago em três vezes o tamanho de sua capacidade original. Um benefício em comparação com a cirurgia é ser um procedimento reversível. Além disso, pode ser refeito caso o paciente necessite de novo redimensionamento do seu estômago.

É preferido por alguns pacientes que são contraindicados para a Cirurgia Bariátrica, ou optam por não a fazer.

Gastroplastia Endoscópica Vertical ou Sleeve Endoscópico, utilizando o sistema de sutura endoscópica OverStitch® (Apollo Endosurgery), tem como objetivo a redução gástrica por meio da sua redução em forma de tubulização, mimetizando a gastrectomia vertical cirúrgica (Sleeve Cirúrgico). Recentemente, este método obteve aprovação para uso no Brasil, após 5 anos aprovado e utilizado pela União Européia (CE Mark) e EUA (FDA).




Indicado para pacientes que se enquadram em todos os tipos de obesidade de Grau I, II e III e para pacientes que já operaram e tiveram reganho de peso.

About the author: bomdiasp

Related Posts