Tabapuã – Polícia prende homem suspeito de participar da morte do estudante Bruno

A Polícia de Votorantim prendeu na segunda-feira(28) um segundo suspeito de matar o estudante Bruno Henrique Bossolani de Tabapuã.

O delegado considerou o caso como homicídio triplo qualificado.




Na quarta-feira (23), um servente de pedreiro de 20 anos, morador de Araçoiaba da Serra, apresentou-se à polícia assumindo a autoria da agressão. Ele prestou depoimento, foi liberado e se apresentou à delegacia de Votorantim na quinta-feira, 24.

Na ocasião, o rapaz confessou o homicídio, alegando que havia atirado uma pedra contra Bruno após ter sido agredido pelo estudante. Na sexta-feira, 25, ele foi preso temporariamente.

Durante um novo interrogatório, o jovem contou que um outro rapaz, de 18 anos, estava junto com ele no momento da discussão e que ele também teria atingido o estudante com uma pedra na cabeça.

Diante disso a prisão temporária deste segundo suspeito foi realizada em Araçoiaba da Serra.




Na manhã desta terça-feira(29) o segundo suspeito confessou a participação no crime e contou uma versão diferente da história.

Diante dos fatos, o delegado considerou o caso como homicídio triplo qualificado. “Além de ter sido um motivo fútil, foi um motivo cruel, uma vez que a vítima foi submetida a intenso sofrimento”, disse Proença, que apurou durante o inquérito que a dupla teria tentado esganar e enforcar o estudante com uma gravata, além de terem quebrado o braço do jovem e amassetado sua cabeça, sem que o rapaz tivesse um meio de defesa.

Em relato ao delegado, o servente de pedreiro disse que motivo do desentendimento teria sido porque Bruno, alcoolizado, teria lhe contado que havia ficado com uma menina que o suspeito namorava. Como membro do Primeiro Comando da Capital (PCC), era inadmissível tal comportamento e por isso, o jovem sentenciou a morte do estudante.

A dupla deve permanecer presa temporariamente por trinta dias até a finalização do inquérito, mas o delegado já adianta que a tendência é que ao final das investigações seja solicitada a prisão preventiva dos dois suspeitos.




About the author: bomdiasp

Related Posts