Trombectomia é a nova Técnica testada em Rio Preto para casos de AVC

Hospital de Base em Rio Preto testa nova técnica para tratamento de AVC

Cateterismo cerebral passa a ser utilizado para casos da doença.




O cateterismo cerebral, também chamado de tratamento endovascular ou trombectomia mecânica, consiste em colocar um microcateter nas artérias da perna e avançar por dentro das artérias até alcançar a área entupida do cérebro e retirar o coágulo.

O Hospital de Base, em São José do Rio Preto (SP), e outros 15 centros médicos do país foram escolhidos para testar a trombectomia, uma nova técnica utilizada no tratamento de AVC (Acidente Vascular Cerebral), segunda causa de morte no Brasil e a que mais interfere na rotina dos pacientes.

Os médicos do HB vão avaliar 690 pacientes submetidos ao procedimento, que consiste em levar um cateter até a circulação do sangue e puxar o coágulo. A ideia é atestar a viabilidade de se realizar a trombectomia na rede pública de saúde, já que o serviço não é realizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Casos

O comerciante João Ronaldo Bonfá de Carvalho, de 29 anos, sofreu um AVC há dois meses e foi levado para o Hospital de Base, onde foi submetido à técnica. O paciente não teve sequelas, e hoje caminha normalmente, mexe os braços e consegue falar sem nenhum problema.

Segundo a neurologista Raquel Idalgo, a rapidez em identificar o problema e o procedimento foram fundamentais para o sucesso do tratamento. “Se não fosse feito a trombectomia, ele poderia evoluir de forma insatisfatória e, às vezes, até culminando de forma letal, ou ele ia ficar muito sequelado, com perda de fala e movimentação no corpo, e se tornaria uma pessoa dependente funcionalmente”, comenta a médica.

About the author: bomdiasp

Related Posts